SNA oficia Líder Táxi Aéreo sobre a não contratação do seguro de vida dos tripulantes

O SNA enviou nesta quarta-feira (25) um ofício à Líder Táxi Aéreo em que questiona a empresa sobre denúncias relacionadas à não contratação do seguro de vida dos tripulantes.
 
Segundo os relatos, a Líder estaria descumprindo a cláusula sexta da CCT do táxi aéreo vigente, que prevê a instituição pelas empresas do seguro de vida em benefício de seus tripulantes, sem ônus para os mesmos, no valor mínimo de R$ 11.946,43.
 
O SNA aguarda que a empresa preste esclarecimentos a respeito da possível irregularidade apontada o mais breve possível.
 
Em caso de dúvida, entre em contato com o SNA.
 
 
Associe-se ao SNA
Via Whatsapp: 11 98687-0052