SNA e dep. federal Coronel Tadeu discutem renovação da CCT de táxi aéreo no TST

O Sindicato Nacional dos Aeronautas, juntamente com o deputado federal eleito Coronel Tadeu (PSL-SP), esteve reunido nesta terça-feira (11), à tarde, com o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Renato de Lacerda Paiva, para tratar das demandas dos tripulantes na renovação da Convenção Coletiva de trabalho do táxi aéreo para 2018/2019, que historicamente têm amargado perdas consideráveis.

Em assembleia realizada  no dia 28 de novembro, a categoria deliberou por rejeitar a proposta apresentada pelo Sneta (Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo) de 0% de reajuste sobre salários e cláusulas econômicas – ante INPC para o período com estimativa de cerca de 4%.

Neste dia 11/12 o Sneta apresentou proposta de 0,5% de reajuste sobre salários, muito aquém do que a categoria espera, já que na prática haveria redução salarial não seria contemplada nem mesmo a reposição das perdas inflacionárias do último ano, ou seja, extremamente prejudicial à categoria. 

A data base venceu em 1º de dezembro e, atendendo a uma deliberação feita em AGE, o SNA pedirá mediação do TST.

O SNA agradece ao deputado eleito Coronel Tadeu pelo empenho em defender as causas dos aeronautas no TST. Tadeu, que é piloto de helicóptero e atuou no segmento de off-shore, já havia visitado o SNA após sua eleição e se comprometido a discutir e defender temas de interesse de pilotos e comissários.

Fiquem atentos a nossos meios de comunicação para novidades sobre o tema.