Nota de pesar Acidente com avião da equipe da Chapecoense

O Sindicato Nacional dos Aeronautas lamenta profundamente o acidente aéreo que deixou ao menos 75 mortos na noite de segunda-feira, próximo a Medellín, na Colômbia havia nove tripulantes e 72 passageiros a bordo do avião modelo Avro RJ 85, matrícula CP-2933, produzido pela British Aerospace.

A delegação da equipe de futebol da Chapecoense, que disputaria nesta quarta a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, e jornalistas brasileiros estavam no voo da empresa Lamia, que partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia..

Em nome da categoria dos aeronautas, o SNA se solidariza aos familiares das vítimas.

O sindicato lembra ainda que qualquer conclusão a respeito de motivos ou culpados pelo trágico acidente neste momento é prematura. É necessária uma investigação completa e minuciosa pelos órgãos responsáveis para que todas as respostas demandadas pela sociedade sejam alcançadas de forma correta e precisa, sem sensacionalismo.