Fespla e SNA declaram apoio a pilotos colombianos contra represálias

A Fespla (Federação dos Sindicatos de Pilotos da América Latina), da qual o SNA faz parte, divulgou nesta terça-feira (27) um comunicado de apoio à Acdac (Associação Colombiana de Aviadores Civis) e aos pilotos da Avianca Colombia em razão dos processos disciplinares abertos pela Justiça da Colômbia como represália à greve realizada pelos tripulantes no fim de 2017.

Os pilotos da Avianca Colômbia reivindicavam medidas para garantir maior segurança de voo e equiparação das condições de trabalho no país ao que é praticado internacionalmente pela própria Avianca.

A greve durou mais de 50 dias e foi encerrada com um acordo na suprema corte colombiana.

Confira a íntegra do comunicado da Fespla: http://www.aeronautas.org.br/images/Comunicado_Fespla_Acdac.pdf

Desde o início, o SNA prestou sua solidariedade e apoio aos colegas colombianos, criando inclusive uma conta corrente para doações aos pilotos que ficaram sem salários.

Esta é uma situação que pode no futuro ameaçar também os aeronautas brasileiros, já que temos cada vez mais grandes grupos comandando a aviação na América do Sul. No intuito de maximizar os resultados, muitas vezes as empresas não levam em conta a questão humana e as condições de trabalho de seus empregados.

Desta forma, o SNA corrobora o comunicado da Fespla e se solidariza aos colegas colombianos contra qualquer represália ao direito de greve e contra atitudes antissindicais da Justiça colombiana.